Brasileiros passam, em média, mais de três horas diárias nas redes sociais

As redes sociais fazem parte da rotina da maioria das pessoas mundo afora. Com elas, é possível manter contato com quem está longe, fazer amigos, aprender sobre coisas que jamais se teve acesso, viajar sem sair do lugar. Mas, em contrapartida, esse acesso cada vez mais ilimitado à vida de todos, também tem gerado mais solidão, comparações e, em muitos casos, infelicidade. Isso sem contar a falta de produtividade.

Conforme estudo da Global Digital, os brasileiros dedicam mais de três horas e meia de seus dias às redes sociais. Em um ranking mundial, com 40 nações pesquisadas, essa média coloca o país em segundo lugar, atrás apenas das Filipinas, com quase quatro horas. No lado oposto está o Japão, com somente 48 minutos diários depositados nessas plataformas.

Recentemente, de olho em tais números, o Facebook e o Instagram começaram a disponibilizar aos usuários ferramentas para o gerenciamento do tempo gasto nos aplicativos. Em ambos, é possível descobrir o período de atividade acessando as configurações.

Fique atento à sua produtividade

Um dos principais prejuízos do excesso de tempo gasto nas redes sociais tem a ver com a produtividade. Isso porque, enquanto se navega de foto em foto, deixa-se de lado demandas importantes do dia a dia, como tarefas domésticas, atividades físicas, estudos e, ainda, afazeres que envolvem responsabilidades profissionais.

Segundo um estudo do Instituto de Tecnologia Política de Washington, nos Estados Unidos, cada hora gasta navegando pelas redes sociais leva à perda de 16 minutos trabalho. Durante um mês, essa média alcança nada menos que oito dias a menos de trabalho, ou seja, cerca de 25% a menos de produtividade.

Nas empresas, o problema é ainda mais sério e, por esse motivo, a SETI Tecnologia disponibiliza no mercado um software que controla o uso da internet dentro do ambiente corporativo, garantindo assim a produtividade da equipe.

Se você gostou de saber um pouco mais sobre as redes sociais x produtividade, aproveite para assinar a nossa newsletter e curtir nossa página no Facebook para estar sempre por dentro das notícias sobre esse tema!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *